— EVENTOS

Fóruns Permanentes - ONLINE

evento ONLINE



Fórum Permanente "Educação superior: diversidade, inovação e desafios da permanência"

PROGRAMAÇÃO

25/11 (quarta-feira) - 14h - Abertura

Tema- Educação superior: diversidade, inovação e desafios da permanência.

14h15 às 17h00

André Fischer | Festival Mix Brasil; Centro Cultural da Diversidade/PMSP;

Érica Malunguinho | Deputada Estadual;

Prof. Dr. Guilherme Silva de Almeida | UFRJ;

Profa. Mafoane Odara | Instituto Avon;

Profa. Dra. Marcia Barbosa | UFRGS;

Thaís Cesário | Dow;

Mediadora:  Profa. Dra.Regina Facchini | Pagu/Unicamp.

17h - Encerramento.

26/11 (quinta-feira) - 14h

Tema - Gênero e diversidade: desafios e boas práticas na convivência e permanência universitária.

Profa. Dra. Ana Maria F. Almeida | UNICAMP;

Profa. Dra. Débora Cristina Jeffrey | UNICAMP;

Profa. Dra. Flavia Rios | UFF;

Profa. Dra. Heloisa Buarque de Almeida | USP;

Profa. Dra. Renata Azevedo | UNICAMP;

Profa. Dra.Tatiana Lionço | UnB.

Mediação: Profa. Dra. Regina Facchini | Pagu/UNICAMP;

17h - Encerramento.



Evento

Fóruns Permanentes - ONLINE

Detalhes do evento

Período do evento: 25/11/2020 a 26/11/2020

O Fórum Permanente "Educação superior: diversidade, inovação e desafios da permanência", objetiva aprofundar a reflexão e o diálogo entre especialistas, profissionais da educação, gestores, ativistas e outros atores sociais envolvidos com as temáticas das relações entre educação, diversidade e inovação tecnológica e/ou social. Apesar do conhecimento acerca da relação entre diversidade e inovação tecnológica e social, vivemos hoje um duplo movimento. Por um lado, as políticas de ampliação e diversificação do acesso têm tornado as universidades cada vez mais diversas e demandado políticas de valorização dos direitos humanos, da diversidade, da boa convivência e da efetivação da permanência estudantil. Por outro lado, o antiintelectualismo, dificuldades nas políticas de ciência e tecnologia e a reatividade de alguns setores políticos e sociais aos direitos sexuais trazem dificuldades para a permanência seja por questões econômicas, psicológicas ou pelos desafios à boa convivência entre diferenças. Busca-se refletir sobre a relação entre diversidade e inovação e sobre a importância e desafios das ações de promoção da boa convivência e da permanência estudantil. A programação está organizada, como parte da missão da Comissão Assessora da Política de Combate à Discriminação Baseada em Gênero e Sexualidade e à Violência Sexual da Unicamp, tomando gênero sob perspectiva interseccional, que permite pensar suas articulações com questões étnicas, raciais e de classe. Trata-se de duas mesas: uma primeira sobre inovação, reúne pessoas diversas em termos de gênero e diversidade sexual e de gênero com atuações inovadoras no âmbito da ciência, do mercado e do engajamento social; a segunda traz dados de pesquisas sobre os desafios da convivência e da permanência e sobre políticas em desenvolvimento em diferentes universidade públicas.